post image

Transiberiana em Khabárovsk: museu, passeio e ‘drama’ no Oriente

Khabárovsk, a pérola do oriente russo, viria após o sucesso em Birobidjan. E prometia. Afinal, alguns amigos haviam me avisado do alto nível da cidade. E isso eu já percebi da janela ...

post image

Transiberiana na revista da TAM de janeiro

A Transiberiana do final do ano passado - da qual ainda estou devendo os três últimos capítulos - na verdade é um projeto longo prazo e 'cauda longa', como alguns de meus amigos gostam ...

post image

Transiberiana em Birobidjan: um dia na Zion soviética

Depois de tantos dias na estrada de ferro, quando entrei no “Rossya” rumo a Birobidjan, capital do então “sonho judeu” da URSS, parecia que a Transiberiana estava só começando. ...

post image

Transiberiana em Tchitá: tensão, decembristas e a melhor ‘Praça Lênin’

  Agora o destino era Tchitá. Muitas vezes eu pensava: viajar pela Transiberiana é como jogar War. Essa brincadeira me divertiu por muitas vezes. Moscou, Omsk, Dudinka (cortada ...

post image

Transiberiana em Ivolginsky Datsan: o coração do budismo mongol

A aventura pela Transiberiana segue em Ulan-Ude, agora no famoso complexo budista de Ivolginsky Datsan. Centro do budismo mongol, fica a cerca de 23km de Ulan-Ude. Basicamente, você pode ...

post image

Transiberiana em Ulan-Ude: budismo, calor e a cabeça de Lênin

Ulan-Ude começou com uma grande expectativa. Afinal, o Baikal havia sido fantástico e nem perder o trem em Irkutsk - a coisa mais apocalíptica que pode ocorrer na Transiberiana - abalou ...

post image

Transiberiana no Lago Baikal: trilha, pôr-do-sol, peixinho e vodka

O Lago Baikal é um dos grandes objetivos da Transiberiana. Você pode variar as cidades, pular umas ou outras, seguir pela Mongólia, China, Coreia do Norte, enfim, pintar o sete. Mas não ...

post image

Irkutsk no caminho da Transiberiana: trampolim para o Baikal

Aproveitei boa parte das quase 20 horas dentro do 270СА, que roda entre Adler x Blagoveschensk, para dormir e escrever.  Meus companheiros de coupê – sim, eu peguei uma segunda classe ...

post image

Transiberiana em Krasnoyarsk: um dia é muito pouco

A “missão Krasnoyarsk” era indigesta. Meu primeiro trem era o 609НА, Tomsk x Novokuznetsk. Seriam apenas duas horas na 3ª classe do velho comboio.  E depois mais duas horas em ...

post image

Transiberiana em Tomsk: conexão com a bela ‘Oxford da Sibéria’

Cheguei em Tomsk por volta das 6h20 da manhã, após cerca de 36 horas, divididas em dois trens. O fuso é +7GMT - hora de Moscou mais 3 horas.  Ou seja, eram, na verdade, 3h20 da manhã. ...

post image

Transiberiana para em Ecaterimburgo: Romanov, Yeltzin e o fim da Europa

A hora agora é de Ekaterinburgo, uma das maiores cidades da Rússia, a capital da região dos Urais, conhecida na Era Soviética como Sverdlovsk. E-kat é essencialmente russa e muito ...

post image

Kazan: transiberiana para no coração do Tatarstão, onde dois mundos colidem

De Moscou, segui para Kazan. Comprei o bilhete em um trem noturno “firmenyi” (trens especiais e rápidos) e seriam 13 horas na "primeira perna" da viagem até a capital do intrigante ...

post image

Moscou, раз, два, три… Capital é o ponto de partida da Transiberiana

Talvez tudo já tenha sido dito sobre a capital da Rússia, a joia, a dourada Moscou. Cidade das mil raças, que divide o mundo, que une diferentes e separa iguais, dos parques, dos ...

post image

Transiberiana: planejamento e hora de partir

Viajar pela Transiberiana é um sonho que alimentei durante muito tempo. Desde antes de me interessar pela cultura e língua russa, talvez. Depois que comecei a me enveredar pelo idioma de ...

post image

Nesta segunda, começam os posts sobre a Transiberiana

Demorou, mas enfim terminei de selecionar as fotos, logar os vídeos, escrever o livro e os posts sobre a maior viagem de trem do mundo, a Transiberiana. Foram quase 30 dias pulando de ...