Algumas dicas legais para sua ‘russificação’

Dando um tempo na densa política, fiz uma listinha das cerimônias, superstições e manias mais populares no dia-a-dia dos russos têm, e que podem ser úteis, seja para quem vai fazer viagens de trem e não vai naquele esquema primeira classe, seja para quem achou sua cara-metade por lá.

Provavelmente, você, que é interessado em cultura russa em geral, já leu algumas por aí. Nesse caso, não custa relembrar. Já para você que quer viajar para lá, é uma boa dica para fazer bonito e ganhar pontos preciosos com os amigos locais. Essas são as que me lembro, e mais importantes, acho.

Se você lembrar de outras, comente!

No trem:

– Quando você estiver compartilhando espaço com outras pessoas, mesmo que sejam total estranhos, é sempre de bom tom dividir o que quer que você tenha para comer, beber ou fumar.

– Recusar comida que lhe é oferecida pode ser uma ofensa muito séria

Bebendo vodka (ou qualquer coisa alcoólica):

– Vodka é para brindar, não para bebericar sozinho ou encher a cara aleatoriamente. Se você quiser muito beber ‘solo’, o que não é de bom tom, tente ir de 100 em 100 gramas (um copo pequeno), em vez de mamar direto na garrafa.

– Ainda sobre vodka, NÃO se enche copo erguido no ar, NÃO se brinda com copo vazio, NÃO se enche copos segurando a garrafa por baixo, NÃO se deixa garrafa vazia sobre a mesa e, sobretudo, álcool posto no copo NÃO volta para a mesa. Deve ser bebido!

Cotidiano:

– Se você for convidado para ir a casa de alguém, leve sempre alguma coisa, um presente, como um bolo, alguma bebida ou uma lembrança. Isso é MUITO bem visto.

– Apertar as mãos, enquanto não estão os dois no mesmo recinto (por exemplo, você está fora do vagão e a outra pessoa, dentro), dá azar. Entre ou saia!

– Se você for dar flores para alguém, assegure-se de que elas vão em número diferente. Um número par de flores só é usado em funerais…

Socialmente:

– Retire casaco, botas, chapeu e ornamentos sempre que entrar em algum lugar, seja vagão de trem, casa, bar ou no Teatro Bolshoi.

– É sempre melhor ir MUITO arrumado para algum lugar do que MAL arrumado. Russos não toleram muito bem informalidade ou a nossa ‘mulambagem’. A lógica lá é outra: mais fácil reparar numa simplicidade exagerada.

– Seja sempre cavalheiro. Embora os russos atualmente estejam muito mais para homens das cavernas, a mulher russa sempre vão esperar que alguém lhe abra as portas, acenda seu cigarro, sirva seu vinho…

– Ao entrar em igrejas, homens devem abaixar a cabeça em reverência. Mulheres não são obrigadas a cobrir a cabeça, mas isso é um gesto de respeito. Minissaias, ombros de fora e decotes, jamais. E tirar fotos também é inadequado. Na dúvida, informe-se.

– Jamais, jamais, jamais, assobie dentro da casa de alguém. Certamente, isso vai lhe render uma bronca. Se vai ser polida ou uma tremenda grosseria, é impossível dizer. Assobiar dentro de casa afugenta o dinheiro, dizem.

– Jamais, jamais, jamais demonstre algo de ruim que aconteceu, em si mesmo ou em outra pessoa. Por exemplo, ao demonstrar que alguém quebrou o braço em 2 pedaços, jamais aponte para seu braço para mostrar onde. Faça isso no ar. Usar alguém como ‘cobaia’ pode acabar em briga séria…

Indo viajar:

– Está se preparando para viajar? Após tudo arrumado e antes de sair de casa, todos devem se sentar e fazer silêncio por alguns instantes. Preferencialmente, para lembrar se esqueceram algo…

– Da mesma forma, jamais volte para buscar algo esquecido em casa após uma viagem. Se não for o passaporte, deixe para trás.

email
Related Posts with Thumbnails
http://www.falandorusso.com/wp-content/plugins/sociofluid/images/stumbleupon_48.png http://www.falandorusso.com/wp-content/plugins/sociofluid/images/delicious_48.png http://www.falandorusso.com/wp-content/plugins/sociofluid/images/technorati_48.png http://www.falandorusso.com/wp-content/plugins/sociofluid/images/google_48.png http://www.falandorusso.com/wp-content/plugins/sociofluid/images/myspace_48.png http://www.falandorusso.com/wp-content/plugins/sociofluid/images/facebook_48.png http://www.falandorusso.com/wp-content/plugins/sociofluid/images/yahoobuzz_48.png http://www.falandorusso.com/wp-content/plugins/sociofluid/images/twitter_48.png


13 respostas para “Algumas dicas legais para sua ‘russificação’”

  1. Luiza Gannibal disse:

    Hahahahahaha! Os homens bielorrussos ainda são exímios cavalheiros, graças a Deus! É incrível como há hábitos muito engraçados mesmo!… )))))

  2. Enaldo Soares disse:

    Vou devorar este blog que conheci com o do seu cunhado Alexandre, muito bom.

    A propósito, “aleatóriamente”?…

  3. Geni disse:

    Concordo com tudo, exceto a situação no trem. Nos oferecemos comida mesmo mas as pessoas normalmente não aceitam. Isso é feito só para ser educado. Nisto nos somos semelhantes com os brasileiros)))

  4. Fernanda I. disse:

    Adorei o blog, parabéns!
    Descobri por meio do blog do seu cunhado (estou pensando em viajar a Moscou e St. Petersburgo ano que vem e ando pesquisando) e estou adorando. Sempre tive muita curiosidade pela cultura russa e, quando menor, até pensei em estudar russo (mas não rolou).

    É verdade que, quando alguém pisa no seu pé acidentalmente, a pessoa oferece seu próprio pé para você pisar?
    Li isto num blog e achei muito simpático! Hahahaha!

  5. Beatrice Oliveira disse:

    Olá, eu conheci o blog agora e adorei. Estou escrevendo um livro, e toda a trama se passa na Rússia, mais especificamente em Moscow. Eu gostaria de saber se tem algo com que você poderia me ajudar, especialmente com a parte da ambientalização.

    Grata
    Beatrice

  6. Oi, Fabricio
    Tudo bem? Tenho uma dúvida cruel e talvez você possa ajudar…

    Li em alguns blogs que os hotéis da Russia retêm o passaporte durante 1 dia ou pelo período da estadia, para “registro junto à polícia”. Mas também li que é preciso estar de posse do passaporte a todo momento.

    Tem alguma dica do que fazer nessa situação? Me recuso a entregar o passaporte ou aceito? Quanto tempo seria razoável? Sabe se eles aceitam cópia?

    Beijos e super obrigada! Parabéns pelo blog!

    • Oi Nanda, tudo ótimo, e contigo?
      Então, essa retenção não é oficial. Os hoteis, agentes e picaretas afins o fazem pq precisam levar na polícia e tal. E precisam justificar o ‘trabalho’ para te cobrar uma bela taxa. Geralmente, esse ‘trabalho’ demora um dia. Não mais que isso (vc deixa de manhã e pega de noite).
      O registro é de graça. E é feito na mesma hora, nos correios ou na polícia. Basta ter consigo algum russo. Mas importante: ele tem que ser nativo ou ter registro da cidade onde vc esteja.
      Outra coisa: ande sempre com seu passaporte. Mas, se deixar com alguém para registro, vc receberá um protocolo. Ande com ele.
      Agora, vc precisa se registrar se for ficar mais de três dias em uma cidade ou mais de sete na Rússia. Procure fazê-lo sempre no início da sua viagem.
      E lembro que o registro não te impede de viajar. Apenas pode te causar problemas em uma eventual checagem diária. Não fazê-lo te obriga a pagar uma multa, caso vc seja pega. Ou, no máximo, vai tomar uma bronca – o que é mais o caso. Com turistas a coisa é bem mais frouxa.
      Abraços,

  7. Walace disse:

    Simplesmente incrível.
    Conhecia alguns itens da lista, mas outros me deixaram surpreso.
    Quanto ao cavalheirismo, acho cabível que seja em qualquer lugar.
    Embora hoje em dia aqui no Rio eu tenha perdido um pouco deste toque :s

  8. Maykol (misha) disse:

    quais dicas para paquerar uma russa principalmente via facebook?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia o post anterior:
Choque de gerações ganha conotação de ‘Guerra Fria’

No último sábado, nós vimos que uma 'batalha ideológica' foi travada não só nas ruas de Moscou, como nas principais...

Fechar