Chernobyl na mídia

0
104
views

Ah, e a materinha sobre a Elena Filatova saiu no G1 e no Globon. Muito legal. Falar com ela me deixou muito empolgado, já que Chernobyl é uma das minhas frustrações. Em 2002, tentei ir para lá, mas a Ucrânia negou meu visto. E a Bielorrússia também. Mas, pensando bem, hoje vejo que, naquele esquema mambembe da época, os riscos eram muito mais altos do que o esquema profissional de hoje. Talvez tenha sido um típico caso do “escrito certo por linhas tortas”.

Sem contar que a Elena é uma grande contadora de histórias. Como disse um amigo, ela tem frases fortes. E ela não demora muito pra dizê-las. É rápida no gatilho. A questão de ser fake ou não, realmente, é secundária. O fato é que ela realmente trouxe Chernobyl para a internet e fez uma geração inteira redescobrir a tragédia. Se ela foi de moto ou numa escuna de chumbo, realmente, não interessa. Clica nas miniaturas pra conferir.


Materia no Globon                     
Materia G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here