Invasão laranja no futebol russo usa até Beckham

Lembro que ali pelo meio de fevereiro li sobre um outdoor estranho em Moscou: ‘Nós recusamos Beckham’, do clube de futebol ‘Zhemchuzhina-Sochi’, da cidade que sediará as próximas Olimpíadas de Inverno, Sochi. Estranho por 3 motivos. Primeiro: um outdoor de um clube de Sochi em Moscou. Segundo: um clube de segundo escalão recusar Beckham. Terceiro: um clube fazer propaganda?

Agora, lendo mais sobre a história, achei bastante interessante. Então, o Zhemchuzhina foi criado em 1991 e ganhou o nome de um hotel (zhemchuzhina significa pérola). Entre indas e vindas na primeira divisão russa, o clube acabou em 2003, por problemas econômicos. Em 2007, retornou com outro nome e foi galgando divisões até voltar à primeira divisão russa – que, na verdade, é a segunda divisão de lá, já que a nata joga a Russian Premiê League. Hoje, ocupa a segunda posição com grandes chances de galgar a Premiê League.

Junto com a audácia administrativa nos campos – premiada com sucesso -, os ‘laranjas’, como são conhecidos em função de seu uniforme, também pensam alto fora dos campos. Querem revolucionar o mercado de branding futebolístico na Rússia. E estão atingindo sucesso, aproveitando a onda olímpica de Sochi. Seu logotipo, um estiloso escudo ao melhor estilo Ferrari, estampa uma série de produtos e em breve terá até uma cerveja própria. Mas, para se fazer conhecido, era preciso aparecer para o país. E para o mundo. A receita para aparecer para o país: Moscou. A receita para aparecer para o mundo: David Beckham. Pronto. Nasceu o ‘Nós recusamos Beckham’, em Moscou.

Foi até instaurado um inquérito no Comitê regulatório de propaganda, em Moscou, para avaliar a atitude agressiva e averiguar se o clube teria as devidas licenças – a de Beckham para o uso de sua imagem, inclusive. Burocracia vai, burocracia vem (e, naturalmente, dinheiro também), a investigação não deu em nada a não ser mais promoção para o ‘Sochi’. Virou o assunto.

Depois, Sochi trouxe o famoso diretor francês de propagandas, Bruno Aveyan – responsável por campanhas como ‘Vutton’ e ‘VH’ – para uma série de filmes promovendo o ‘Zhemchuzhina’. Anteontem, qual não foi minha surpresa ao ver o primeiro deles, chamado ‘Vsya strana’ (O país todo). Ainda faltam dois (goroda – cidades, e fanaty – fanáticos). Em maio, eles serão exibidos nos canais por todo o país. Enfim, não imagino o quanto eles gastaram com essa ação toda. Ação digna de Milan, Real Madrid e Manchester!

O clube ainda teria convidado dois comentaristas esportivos e o técnico holandês Gus Hiddink a participar de uma outra ação, mas todos recusaram. Um dos jornalistas, Vasilii Utkin, entregou toda a negociação em seu blog, gerando uma enorme discussão sobre ética, tanto na propaganda quanto no jornalismo. E acabou acusado pela agência de ‘não ter tido ética e revelar todos os detalhes das conversas’. Lógico, que tudo vai acabar nos tribunais. Com um belo acordo. E mais publicidade para o ‘Zhemchuzina’.

Então, não estranhe se, nos próximos anos, pessoas falando uma língua estranha aparecerem no clube de seu coração, vestindo uma camisa laranja, com uma mala cheia de euros, fazendo propostas para a meninada daqui. Além de ambiciosos-renascentistas-cheios-da-grana ao melhor estilo ‘Chelsea’, eles têm uma enorme vantagem sobre os rivais de Moscou e São Petersburgo: em Sochi tem praia.

email
Related Posts with Thumbnails
http://www.falandorusso.com/wp-content/plugins/sociofluid/images/stumbleupon_48.png http://www.falandorusso.com/wp-content/plugins/sociofluid/images/delicious_48.png http://www.falandorusso.com/wp-content/plugins/sociofluid/images/technorati_48.png http://www.falandorusso.com/wp-content/plugins/sociofluid/images/google_48.png http://www.falandorusso.com/wp-content/plugins/sociofluid/images/myspace_48.png http://www.falandorusso.com/wp-content/plugins/sociofluid/images/facebook_48.png http://www.falandorusso.com/wp-content/plugins/sociofluid/images/yahoobuzz_48.png http://www.falandorusso.com/wp-content/plugins/sociofluid/images/twitter_48.png


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia o post anterior:
Parada da OTAN no ‘Dia da Vitória’: sim ou não?

Mudo a cara do blog mais uma vez lembrando o 'Dia da Vitória' na 2ª Guerra Mundial (Den' pobedy), a...

Fechar