Joinville: Bolshoi gorod

6
22
views

Há muito tempo planejava conhecer a Escola do Balé Bolshoi em Joinville. Felizmente, um acerto de agendas e uma oportunidade apareceu e, na última quarta, consegui realizar esse sonho. E digo sonho, mesmo, no sentido real da palavra. Como um ‘leigo’ no mundo da dança – apesar de saber uma coisa aqui e outra ali – sempre me interessou bastante o fato de termos, justamente no Brasil, uma escola de um dos melhores balés do mundo.

Ao chegar lá, na quarta de manhã, fiz um tour pelas instalações do projeto. O tamanho das salas, dos auditórios, a quantidade de gente envolvida, é uma coisa realmente impressionante. Poderia até arriscar que é ainda maior que o Bolshoi de Moscou. Certamente, sem qualquer constrangimento, digo que é muito mais rico culturalmente e belo humanamente.

Também impressiona a vida desse lugar. Bailarinos – consagrados e alunos – circulam em roupas de prática pelos corredores, esbaforidos, sempre cumprimentando-se e a todos que passam por eles. Tutus espalhados, música pelos corredores, cabelos arrumadíssimos, corpos impecáveis. As aulas, ou treinos, mostram que todos levam tudo absolutamente da forma mais séria possível. Mostram paixão, superação, orgulho em estar ali. Afinal, vestir aquela roupa, com o nome ‘Bolshoi’, não é para qualquer um.

Muitos sequer sabiam o que era ‘balé’ – ou mesmo o que era ‘Bolshoi’ -, antes de entrar ali. E eu me senti da mesma forma: a bravura e a vitalidade de todos os envolvidos me envolveram de tamanha forma que ficava difícil, às vezes, disfarçar o misto de orgulho e fascinação. Espero conseguir, com a matéria que estou preparando, transpor isso para as palavras.

Embora eu não saiba muito bem, mesmo depois da visita e da atenção que todos me deram, o que é ‘balé’, uma coisa eu sei: ‘Bolshoi’ significa grande, maior. E isso, sem dúvida, a escola de Joinville o é, em todos os sentidos. Grande.

PS.: em russo, bolshoi (большой) significa grande e gorod (город), cidade. Dito isso, talvez o título do post fique mais claro…

6 COMENTÁRIOS

  1. Olá,
    Fiquei interessada no curso de russo em copacabana e gostaria de saber quais dias da semana são disponíveis.

    Abraços

    • Oi Alice, tudo bem?
      Valeu pela visita e pelo comentário. Mas não sei dos horários, só publiquei a notinha. Entre em contato com a Olga, que toca o curso (tem o telefone no post). Ela vai te informar direitinho.
      Abraços
      Fabrício

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here