Lugar estranho, Kamchatka

A Rússia é um país gigante, o maior do mundo. E o que mais me impressiona são as condições climáticas. Ontem, uma frente fria junto com um ciclone atingiu a península de Kamchatka, no extremo oriente do país, ali pertinho do Japão, causando ventos de quase 150 km/h e fazendo a temperatura despencar para -15 graus, considerada até ‘amena’ para a região…

É como cantou o legendãrio Viktor Soy, do Kino: ‘É um lugar estranho, Kamchatka’.

Imagina você morando aqui?

email
Related Posts with Thumbnails
http://www.falandorusso.com/wp-content/plugins/sociofluid/images/stumbleupon_48.png http://www.falandorusso.com/wp-content/plugins/sociofluid/images/delicious_48.png http://www.falandorusso.com/wp-content/plugins/sociofluid/images/technorati_48.png http://www.falandorusso.com/wp-content/plugins/sociofluid/images/google_48.png http://www.falandorusso.com/wp-content/plugins/sociofluid/images/myspace_48.png http://www.falandorusso.com/wp-content/plugins/sociofluid/images/facebook_48.png http://www.falandorusso.com/wp-content/plugins/sociofluid/images/yahoobuzz_48.png http://www.falandorusso.com/wp-content/plugins/sociofluid/images/twitter_48.png


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia o post anterior:
O frio é psicológico desde pequenininho…

Um jardim de infância, na cidade de Krasnoyarsk, mantém a tradição de dar um banho coletivo nas crianças. E com...

Fechar