Namorada de Mel Gibson pede ajuda para Chernobyl

0
47
views

Ontem, vi um vídeo com uma iniciativa legal. A namorada de Mel Gibson, a russa-ucraniana Oksana Grigorevna, em conjunto com a Chernobyl Children’s Project International (Projeto Internacional para as Crianças de Chernobyl), pede ajuda para a campanha. Achei bacana ela usar sua recente popularidade para chamar atenção para um tema chocante e muito importante. E pouca coisa nesse mundo poderia ser mais chocante que a tragédia de Chernobyl.

Segundo a CCPI, Ucrânia e Bielorrússia têm hoje cerca de 6 mil crianças com doenças cardíacas de origem genética – causadas pela radiação remanescente do acidente. Os dois países têm capacidade apenas para operar um quarto desse número e conta com a ajuda da comunidade internacional para que as outras não morram.

O vídeo, apesar de obviamente triste e chocante, mostra algumas das crianças antes e depois das operações. A iniciativa da Oksana é bacana, e torço aqui para que a organização seja séria e ajude a terminar com o efeito dominó que a radiação causou na população. Maiores informações podem ser obtidas pelo email do CCPI, que é info@chernobyl-international.org, ou na página deles, http://www.chernobyl-international.com. E eles recrutam profissionais da área médica para ajudar com trabalho voluntário.

E a ajuda da nova Sra. Mel Gibson veio junto com uma notícia muito triste: segundo a revista Wired, o césio e o plutônio espalhados pela ‘zona morta’ – área contaminada pela radiação após a explosão da usina – não estão decaindo. Suas meias-vidas (tempo estimado para que o elemento perca metade de suas propriedades radioativas) eram de 30 anos, mas 23 anos depois, eles continuam bombardeando sem perder força. E os cientistas não sabem explicar. A nova estimativa de tempo, para que a área seja repopulada com segurança, hoje é de 320 anos. No mínimo.

Confira o vídeo da Oksana:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here