Neve: mingau de chumbo, ferro e urânio!

0
98
views

A neve, para quem é dos trópicos, é uma festa. Você rola, faz boneco, joga bola… Mas todo mundo sempre me avisou para não fazer isso. “A neve é suja”, dizia a dona da casa onde morei, que só faltava me pegar pelas orelhas e me arrastar até o banheiro para lavar as mãos cada vez que eu chegava da rua. Isso mesmo usando luvas. Especialmente as primeiras e as últimas neves, que viram um “mingau”. Essas são, além de escorregadias, uma bela porcaria. Mas não imaginava que a coisa fosse tão séria assim.

Para tentar desvendar mais essa “lenda urbana”, de que a neve é realmente perigosa para a saúde, o jornal Komsomolskaya Pravda de Moscou encomendou um estudo, junto ao instituto “Ekostandart”, para analisar a gelada companheira dos russos. E o resultado não poderia ser mais assustador.

No “Sadovoe Kolso”, acharam toda a tabela periódica, com destaque para alumínio, bromo, selênio, ouro e até mesmo urânio! Mas calma, nada significativo, que possa oferecer risco. E os ecologistas fizeram outro alerta: a cada litro de neve coletada, 131 mg são puramente derivados de petróleo. Óleo, gasolina, diesel, fuligem… E tudo isso, quando derrete, vai direto para o Rio Moscou.

Na neve do Parque Petrovskii, além do pacote completo de metais, os especialistas detectaram o reagente clorito de sódio, que ataca roupas, sapatos e… nossos estômagos e pele. Na rua Novyi Arbat, clorito de cálcio, manganês, sódio e até chumbo. Novamente, tudo isso vai parar no rio Moscou, onde as pessoas adoram pescar. E, como se sabe, o chumbo é um metal altamente cancerígeno.

E nenhum lugar testado se salvou da pesquisa. Praticamente todos os pontos estudados apresentaram níveis de contaminação absurdos. De onde vem tudo isso? Carros, fumaça, produtos que são aplicados para derreter/conter a neve, sapatos, coisas que as pessoas jogam na neve, sujeira… E o exemplo mais importante: sujeito trabalha numa fábrica/usina. Usa as botas lá dentro e sai na neve. Atua como “hospedeiro” de metais pesados e materiais altamente tóxicos. Basta lembrar o pesado parque industrial que abrilhanta a paisagem de Moscou.

E os especialistas advertem: calçados novos e caros, botas de couro, patins, ski, pneus de carros… Tudo está rigorosamente sendo destruído minuto a minuto pela assustadora neve. O recomendado é proteger suas botas bonitas com sobrebotas de plástico, levar os carros regularmente para revisões, que apliquem produtos anticorrosivos e proteger seus bichinhos de estimação. Capas, botas, meias, vale tudo. E deixar ele lamber neve? Nem pensar. E você mesmo “provar” a neve? Bom, avisado já está.

Então, da próxima vez que você topar com uma neve branquinha, fofinha, pedindo uma brincadeira, pare, reflita, calcule, pense duas vezes…

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here