O Google com a cara e o jeito da Rússia

2
186
views

Para muitos trabalhar no Google é um sonho. Hoje recebi um link para o blog do Google.ru, que está de escritório novo. E está provado: trabalhar ali é um sonho mesmo. São salas e mais salas inacreditáveis, feitas para retratar a alma e a cultura russas, onde seus empregados, além de produzir muito (e bem), são estimulados a relaxar, ter idéias e viver a ‘experiência Google’.

A idéia de mudar de casa – e de ambiente – era simples. Queriam um lugar bom, com vista bacana, e um ambiente ‘russo’. Da concepção do projeto, participou quem quis. E a maioria dos ambientes foi inspirada em contos tradicionais da Rússia, no cinema e nos desenhos infantis do país.

Para se ter uma noção, você pode ter uma reunião na sala das ’12 cadeiras’ – o clássico livro de Ilif e Petrov, que fala de Ostap Bender, um malandro que sonha em morar em Copacabana e passear todo vestido de branco -, contar os pássaros na sala dos 38 papagaios, uma das animações mais bacanas que já vi, ou mesmo relaxar na floresta do Lukomorye, a terra encantada de um dos contos mais populares do folclore russo.

Tem ainda o ambiente ‘Iznakurnozh‘ (Izbushka na kur’i nozhkah – casa sobre pés de galinhas), onde moram as ‘Babas-Yagas’, bruxas do folclore russo, a ‘Stoakrovyi Les’ (fazenda de cem acres), onde mora o ‘Vinnih Pux‘ (ursinho Pooh, também do folclore eslavo), o ambiente NIICHAVO (Научно-исследовательский институт Чародейства и Волшебства, uma espécie de institudo científico para seguidores de magia), a sala de reuniões ‘Kin-Dza-Dza’, a galáxia do filme fantástico soviético do mesmo nome…

E até o refeitório é ‘russo’: chama-se ‘samobranka’, inspirada na ‘skatert’-samobranka’. A idéia é que, todas as sextas-feiras, haja um almoço coletivo, com a participação e interação todo mundo.

‘É difícil imaginar que, ao se entrar num prédio sem-graça do Centro de Moscou, você esteja indo em direção a um conto de fadas. E tudo isso se conecta a trabalhos de natureza extremamente individual’, diz o chefe do centro de desenvolvimento, Evgenii Sokolov, ao blog do Google. Isso sem contar o hall de entrada, com os tijolinhos nos mesmos moldes das tradicionalíssimas
paredes do Kremlin. Aliás, o escritório dá vista para o próprio…

Pois é. O Google.ru agora sim, entrou no esquema. E serve para as empresas de lá deixarem o ‘sovietismo’ de lado e começarem a pensar que o ambiente onde quem produz passa a maior parte de sua vida tem que ser agradável. E pode ser.

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here