Parada da Vitória volta com tudo: veja fotos do ensaio

0
111
views

O “Dia da Vitória” (Den’ Pobedy), ou simplesmente “9 de maio”, é o feriado mais legal da Rússia. E hoje as Forças Armadas de lá deram uma mostra de como vai ser a parada militar que acontece na Praça Vermelha. O ensaio geral aconteceu no pequeno povoado de Alabino, coisa de 50km de Moscou. A praça de armas da cidade tem mais ou menos o tamanho da prima famosa de Moscou, e quem estava lá viu um show nos moldes da finada URSS. Muita exibição de armamento de ponta, voos espetaculares e disciplina.

O objetivo deste ano é fazer a maior parada militar de todos os tempos, para dar uma intimidadazinha básica nos rivais, fazer uma propagandinha para vender o aparato militar para Lulas e Chavez da vida e mostrar que, com crise ou sem crise, a turma de lá está de volta com tudo. Para comemorar os 64 anos da vitória soviética na II Guerra Mundial, serão mobilizadas 9 mil pessoas, 110 veículos militares e cerca de 70 aviões e helicópteros. Tudo isso desfilando ao longo do dia em Moscou. Estarão lá os lançadores de foguetes “Iskander-M” e “Topol'” com os novos sistemas C-400 “Triumph”, os tanques “T-90”, os bombardeiros “Tu-160” e “Tu-95”, os supercaças “Su-27”, “MiG-29” e a estrela “MiG-31”. Para os fanáticos, um programa imperdível. E para todos, é um baita espetáculo. (Tem mais fotos lá embaixo.)

O mais legal é ver e saudar os “frontoviki”. São os veteranos de guerra, gente que REALMENTE viveu a guerra, esteve no front, e voltou para contar histórias. E eles contam muitas. No 9 de maio que passei lá, foram tantas, tantas, que, ao fim do dia, me senti um ex-combatente. E, ano a ano, eles vão minguando, levando consigo as agruras da guerra. No “Dia da Vitória”, eles vestem suas melhores roupas – quando não as fardas da época – colocam todas as suas medalhas, e fazem questão de passear pelas ruas. São saudados por TODOS, que fazem questão de abraçá-los e agradecer, num gesto para lá de simbólico. E alguns deles são convidados para as paradas na Praça Vermelha, onde são reverenciados por militares, desde marechais e almirantes, até recrutas.

Uma festa muito bonita e alegre, para episódio tão trágico. Só para lembrar: no dia 9 de maio de 1945, 0h43 pelo horário de Moscou, o general Wilheim Keitel e o almirante Von Friderburg assinaram a rendição total e inconteste da Alemanha, dando fim a um dos maiores pesadelos da história da humanidade.

Para ver mais fotos, direto do original, basta clicar aqui

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here