REPOST/CENSURA: telão exibe filme pornô em via de Moscou

2
68
views

Opa, postei esse texto, sei lá, no início do ano, ali por janeiro. Daí ele sumiu. Achei que fosse defeito e tal… Daí postei de novo em fevereiro. Daí sumiu de novo. Como ninguém me mandou email ou coisa assim, desconfio… Tá rolando censura aqui no Abril.blogs? E sem avisar nada? Não seria mais delicado/diplomático/honroso avisar/consultar o dono do blog antes de meter o mãozão??? Ou seja, que porra é essa?

Em todo caso, vai de novo. REPOST!

Se você acha que viu tudo… Um telão publicitário de uma via movimentadíssima de Moscou exibiu, no meio de janeiro, um filme pornô. Isso mesmo, um pornozão, sem cortes, e causou um enorme engarrafamento. Afinal, todo mundo queria filmar, fotografar ou mesmo entender o que estava acontecendo. Isso em meio a um frio de -15ºC. E hoje eles soltaram um dos principais acusados da traquinagem, um hacker da longíqua cidade de Novorosiisk.

O suspeito, um senhor de 40 anos que já havia sido preso por falsificação, disse que realmente é culpado, mas que apenas invadiu uma rede de publicidade e colocou o filme pornô, achando que a brincadeira ficaria restrita a telas de mercados. Estranhamente, ninguém sabe quando ele foi preso – todos os sites divulgam apenas que ele foi libertado hoje.

 

Antes de acusar o sujeito, muitas hipóteses foram dadas como certas: um ataque de um grupo hacker de terrorista chechenos (cujo IP teria sido rastreado de Grozny), um protesto contra ações arbitrárias da polícia de Moscou – contra um conhecido designer da cidade, especificamente – e até mesmo uma sabotagem, promovida por alguém descontente na empresa de publicidade. Mas a mais engraçada de todas foi a de que um dos administradores da rede estava ‘curtindo’ o filme adulto e, por engano, direcionou o fluxo para a tela errada. Ou seja, todas variantes típicas da paranoia russa, com verossimilhança atestada e compradas pela opinião pública.

Agora, como o caso vai ficar, ainda ninguém sabe. O principal suspeito foi libertado, o administrador do sistema foi demitido, os hackers chechenos não se pronunciaram, o protesto contra a polícia ficou vazio… Enfim, pelo menos os motoristas que passaram pelo Sadovoe Kolso se divertiram com a cena inacreditável, chocante e inusitada.

Se quiser assistir ao vídeo, olha aí. Mas lembro, as cenas são…err… fortes e para maiores de 18 anos!

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here