Rio tem chance de conferir o Modernismo Russo

Em uma matéria legal no Segundo Caderno do “Globo” de hoje, a repórter Suzana Velasco dá uma pincelada geral no Modernismo Russo, divulgando a exposição “Virada Russa”, que começa no Centro Cultural Banco do Brasil nesta terça-feira. Para quem curte arte, design, vanguardas e afins, um prato cheio e fundo.

Para quem quer conhecer além de nomes como Kandinski e Mark Chagall – como eu – vai ser uma ótima e única chance para conferir trabalhos de Kazimir Malevich, Pavel Filonov, Radchenko, Vladimir Tatlin, pré-revolucionários e até pós. São obras construtivistas, abstracionistas, industrialistas e de vanguarda em geral, esquecidas pelo grande público e postas de lado por críticos do regime stalinista e daqueles que vieram em seguida.

“Por muito tempo, esses artistas ficaram num certo ostracismo na história da arte. A primeira grande exposição de Malevich depois do período starlinista só foi realizada na Rússia nos anos 1980”, diz o curador da mostra, Rodolfo Athayde, que estudou filosofia em Moscou na mesma época, à repórter. Vale muito a pena conferir.

Abaixo, alguns exemplos de construtivismo, abstracionismo e das vanguardas russas do início do séc. XX.

Para saber mais detalhes da expo, horários, dias e afins, clica aqui no site do CCBB RJ.

email
Related Posts with Thumbnails
http://www.falandorusso.com/wp-content/plugins/sociofluid/images/stumbleupon_48.png http://www.falandorusso.com/wp-content/plugins/sociofluid/images/delicious_48.png http://www.falandorusso.com/wp-content/plugins/sociofluid/images/technorati_48.png http://www.falandorusso.com/wp-content/plugins/sociofluid/images/google_48.png http://www.falandorusso.com/wp-content/plugins/sociofluid/images/myspace_48.png http://www.falandorusso.com/wp-content/plugins/sociofluid/images/facebook_48.png http://www.falandorusso.com/wp-content/plugins/sociofluid/images/yahoobuzz_48.png http://www.falandorusso.com/wp-content/plugins/sociofluid/images/twitter_48.png


Uma resposta para “Rio tem chance de conferir o Modernismo Russo”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia o post anterior:
Hermitage – filial Amsterdã

O melhor museu do mundo, na opinião deste já-não-tão-jovem mancebo, é o Hermitage de São Petersburgo. Agora que conheci o...

Fechar