Sinal verde para a burocracia

0
112
views

‘Semáforos desligados por falta de pagamento’. A gente já passou um tempo lá, conhece um pouco da imensa burocracia, sabe mais ou menos como as coisas funcionam, mas mesmo assim vira e mexe uma notícia pega a gente de surpresa.

Uma amiga comentou que, em sua cidade, Krasnoyarsk, na Rússia Central, ou Sibéria, a prefeitura teria deixado de pagar a conta e a empresa de energia não teve pena: desligou o semáforo num cruzamento importante do Centro.

Fui catar na internet como isso foi acontecer. Crise? Ajuste fiscal? Calote? Que nada… O problema é que o secretário quer pagar, a administração tem dinheiro – 25 mil rublos no total, cerca de US$ 715 -, mas o contrato antigo com a empresa de energia, ‘Krasenergosbytom’, venceu e, para fazer um novo, o trâmite demoraria coisa de 3 semanas.

– Três semanas sem sinal? É o fim – diz um guarda ao jornal Komsomolskaya Pravda de Krasnoyarsk – Vamos fazer o que der, mas é impossível controlar esses cruzamentos 24 horas por dia.

E a burocracia parece não ter fim. A ‘Krasenergosbytom’ já mandou avisar que é necessário renegociar também os contratos do parque da cidade ‘Roev Ruchei’, em valores da ordem de US$ 20 mil. Como diz o KP, os ursos vão sobreviver sem luz. Mas os macacos…

O vídeo você pode conferir aqui.

Artigo anteriorMuro de Moscou
Próximo artigoAliste-se já
Mestrando em Russo pela USP, formado em jornalismo pela UFF, Letras português - russo pela UFRJ e quase-formado em Cinema, ainda pela UFF, com pós-graduação em Moscou, pela MGU. Morei em Moscou e conheço bem muitas outras cidades russas e do Leste Europeu. Sou um profundo interessado no Cáucaso, onde também estive em várias cidades algumas vezes.
COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here