Trinta e um de março: o dia que o metrô silenciou

0
87
views

Dia de manifestação no metrô Lubyanka, onde aconteceu uma das explosões. O clima era esse, captado pelo amigo ‘Bubuka111’ e postado no YouTube. Vi muitos vídeos em vários canais. Nenhum captou o clima.

Esse outro é na Park Kultury. Repare no silêncio e nos olhares das pessoas, para as flores. Ninguém entende nem vai entender o que simplesmente é inexplicável.

Quiseram falar, mas não lhes foi possível. Havia lágrimas nos seus olhos. Estavam ambos pálidos e abatidos; mas naqueles rostos doentes e pálidos brilhava já a aurora de um renovado futuro, de uma plena ressurreição para uma nova vida. O amor ressuscitava-os, o coração de um encerrava infinitas fontes de vida para o coração do outro. Resolveram esperar e ter paciência.

Fiodor Dostoyevski – ‘Crime e Castigo’ – epílogo

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here