Ucrânia: repórter conta história do ‘Jogo da Morte’

A história do ‘Jogo da Morte’ é uma das mais conhecidas no mundo do esporte. Em linhas gerais, o FC Start era um time de ucranianos, egressos do Dínamo de Kiev e do Lokomotiv, formado durante a ocupação nazista de Kiev (ou Kyif), que disputou nove partidas, venceu todas, e acabou fuzilado ainda com os uniformes após golear a equipe de pilotos da Luftwaffe alemã.

A história inspirou o livro ‘Futebol ao sol e à sombra’, de Eduardo Galeano, e o filme ‘Fuga para a vitória’, com Pelé, Michael Caine e Sylvester Stallone, além de inúmeras outras obras ao longo da história, mundo afora que, inclusive, revisam a história, trocando um final trágico por outro, embora menos épico.

Agora, é a vez do nosso amigo e repórter do Globoesporte.com, Rafael Maranhão, contar essa história, visitando os locais onde tudo teria acontecido, na Ucrânia. Vale muito a pena ler, pois trata-se de um capítulo crucial da cultura e da vida ucraniana pós-soviética, além de uma das mais belas histórias do esporte mundial, que teria sido inspiração, durante muito tempo, para as resistências ucranianas a seus ocupantes, sejam eles quem fossem.

Desencorajada no tempo da União Soviética, a história é recontada agora pelo filme ‘Match’, com o ator Sergei Bezrukov, que fez também ‘Vysotskii’, ‘V yune 41’, ‘Master i Margarita’ e ‘Ironya Sudby – Prodolzhenii’. A produção estreia às vésperas da Eurocopa na Ucrânia, no fim de abril.

Assista aqui ao trailer do filme (em russo)

Aqui, imagens do filme ‘Fuga para a vitória’, de 1981, com Stallone e Pelé.

E não esqueça de conferir o blog do Rafael Maranhão, sempre com uma história bacana direto da Europa para contar.

email
Related Posts with Thumbnails
http://www.falandorusso.com/wp-content/plugins/sociofluid/images/stumbleupon_48.png http://www.falandorusso.com/wp-content/plugins/sociofluid/images/delicious_48.png http://www.falandorusso.com/wp-content/plugins/sociofluid/images/technorati_48.png http://www.falandorusso.com/wp-content/plugins/sociofluid/images/google_48.png http://www.falandorusso.com/wp-content/plugins/sociofluid/images/myspace_48.png http://www.falandorusso.com/wp-content/plugins/sociofluid/images/facebook_48.png http://www.falandorusso.com/wp-content/plugins/sociofluid/images/yahoobuzz_48.png http://www.falandorusso.com/wp-content/plugins/sociofluid/images/twitter_48.png


3 respostas para “Ucrânia: repórter conta história do ‘Jogo da Morte’”

  1. Alexander Rodrigues disse:

    É impressionante ver que mesmo sabendo que iriam morrer, foram até o fim com o orgulho pela pátria. Mal posso esperar para assistir esse filme.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia o post anterior:
‘Não conta lá em casa’ na devastada Ossétia do Sul

Ontem foi dia de viajar pela outra Rússia, aquela sem Kremlins ou loiras em baladas de rico, no 'Não Conta...

Fechar