Veja como foram performances do ‘Sábado Russo’ em SP

3
98
views
Imagem 03 - Performance Quando dois são meios, com Priscilla Herrerias e Tieza Tissi

Quem acompanha o blog percebe que, de uns tempos para cá, passei a noticiar mais os eventos relacionados à ‘russologia’ no Brasil. Algumas semanas atrás, falei do lançamento de livros, revistas e do ‘Sábado Russo’, um evento interdisciplinar muito legal, que teria leitura de poesias, exibição de filmes, performances e apresentação de trabalhos.

Como a resposta foi boa – muita gente se interessou, querendo saber do que se tratava, o que acontecia e tal – resolvi combinar com a Fabíola Notari, uma das organizadoras do evento, uma participação especial aqui no blog. Em seu texto, ela conta como foi o ‘Sábado Russo’. De quebra, ela mandou umas fotos para a gente ter uma noção do rolou de legal por lá.

Sábado Russo

Imagem 01 - Apresentação do caderno kinoruss SOKUROVIANAS, com Neide JallageasNo último sábado, 16, em São Paulo, a Casa Contemporânea abrigou o Sábado Russo, uma tarde toda dedicada ao lançamento do segundo número dos cadernos de pesquisa kinoruss, pequeno dossiê em homenagem ao cineasta russo Aleksandr Sokúrov.

A tarde contou com várias atividades. Primeiramente, o Grupo de Pesquisa Eisenstein no Século XXI [GP E.XXI] organizador do evento, recebeu convidados para a exibição do longa metragem Dolorosa Indiferença (1983-87).

Imagem 03 - Performance Quando dois são meios, com Priscilla Herrerias e Tieza TissiA sessão foi seguida de uma performance realizada por Tieza Tissi e Priscilla Herrerias, inspirada no filme dolce… (1999). Na sequência, o poeta Mario Ramos e a escritora Francine Jallageas leram trechos da carta de Púchkin a Tchaadáiev e poemas de Akhmátova e Aleksandr Blok. Tanto o registro audiovisual da performance quanto o texto que foi lido fazem parte do segundo número dos cadernos kinoruss SOKUROVIANAS, apresentado ao público pela editora e coordenadora do GP E.XXI, Neide Jallageas.

Imagem 04 - Performance Quando dois são meios, com Priscilla Herrerias e Tieza Tissi

Nesse caderno, chamado carinhosamente de SOKUROVIANAS, já que é dedicado a Sokúrov, o grupo e seus convidados privilegiaram parte da filmografia do cineasta que estabelece uma tensão entre Oriente e Ocidente, anteriormente apresentada na Mostra Didática Sokúrov Oriental, também organizada pelo GP E.XXI.

Imagem 02 - Leitura de poemas com Mario Ramos e Francine JallageasAlém dos textos e dos ensaios artísticos, este número do kinoruss foi ampliado para acolher a produção audiovisual de integrantes do grupo e de artistas colaboradores, contando, ainda, com uma composição sonora concebida, especialmente para SOKUROVIANAS, pelo músico brasileiro Marcus Siqueira.

Foi uma ótima oportunidade para entrar em contato com a produção do cineasta que terá o filme Fausto (2011) lançado, em São Paulo, no próximo dia 29.

Para conhecer o caderno kinoruss SOKUROVIANAS, acesse: www.kinoruss.com.br e para saber mais sobre Fausto, de Sokúrov, acesse: http://www.youtube.com/watch?v=PlXgjnU83S8

GP E.XXI – Breno Morita, Erivoneide Barros, Fabiola Notari, Juliana Rosa, Monica Berto, Neide Jallageas e Tieza Tissi.
Colaboradores SOKUROVIANAS – Alvaro Machado (Editora Opera Prima), Antonio Mengs, Beatriz Jardim, Christine Greiner (PUC-SP), Cassia Hosni, Francine Jallageas, Jessica Salles, Marcus Siqueira, Mario Ramos (DLO/FFLCH-USP), Patrícia Osses, Patrick Jallageas e Priscilla Herrerias.

Imagem 05 - Público observando performance

Imagem 06 - Público na apresentação do caderno kinoruss

Imagem 07 - Público na apresentação do caderno kinoruss

Imagem 08 - Público na apresentação do caderno kinoruss

3 COMENTÁRIOS

  1. Ola, é uma pena que não tive a oportunidade de estar presente.Na verdade nem fiquei sabendo. Espero que aconteça reuniões como estas com mais frequência.Me formei na Russia ha mas de 20 anos. E a minha segunda pátria. uspejov
    Francisco RV

  2. oi fabrício gostaria de saber se posso ser tradutora ou interprete de russo fazendo a faculdade de letras portugues-russo da UFRJ, ou tem alguma faculdade especifica de tradução e interprete?

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here